Descobrindo a tecnologia, desvendando a ciência

Microchip com olfato promete rastrear bombas e detectar câncer

29/08/2017 as 01:02 | Categoria: Ciência

Microchip com olfato promete rastrear bombas e detectar câncer

Um neurologista nigeriano chamado Oshiorenoya Agabi acaba de anunciar um experimento que pode abrir novas portas a biotecnologia.

Trata-se de um microchip com sentidos, mais precisamente, um microship com "olfato". O cientista nigeriano pretende desenvolver um microchip que é capaz de detectar explosivos com o olfato artificial implantado no disposítivo.

"Em vez de copiar um neurônio, por que não recorrer à própria célula biológica e utilizá-la? É uma ideia revolucionária cujas consequências são inimagináveis" disse Agabi que utilizará de circuitos eletrônicos e neurônios desenvolvidos em laboratórios para criar o disposítivo.

A utilidade do disposítivo não se limitará apenas a identificar bombas e artefatos explosivos. O microchip promete ser útil para identificar doenças cancerigênas por exemplo.

O projeto foi batizado por Agabi de 'Koniku Kore', e para funcionar o microchip terá que possuir um olfato incrivelmente apurado, já que dependerá apenas das particulas lançadas no ar.

Agabi demonstra-se muito confiante com o projeto, segundo ele, o principal desafio era conservar os neurônios, algo que já fora solucionado e Agabi prefere não revelar como.

Investidores já demonstraram interesse no projeto e Agabi idealiza um salto na receita anual de sua startup de US$ 8 milhões para US$ 30 milhões, algo que seria um enorme impulso para o seu projeto e para a humanidade.

Postagens Relacionadas