Descobrindo a tecnologia, desvendando a ciência

Japoneses demonstram poucas esperanças em relação ao Switch

22/10/2016 as 01:12 | Categoria: Games

Japoneses demonstram poucas esperanças em relação ao Switch

A apresentação do novo console da Nintendo, o Nintendo Switch, um modelo híbrido e portátil, foi recebida na sexta-feira com pouco interesse por parte dos investidores e analistas japoneses.

A Bolsa de Tóquio fechou nesta sexta-feira com uma queda de 6,5% das ações deste pioneiro japonês de videogames, no dia seguinte da divulgação de um vídeo de lançamento do "conceito totalmente novo" do Switch, antes conhecido pelo nome temporário NX.

O novo videogame pode ser usado do modo tradicional, conectado ao aparelho de televisão em casa, ou na rua.

Uma dispositivo removível do console, que se parece bastante com o tablet do aparelho anterior, o Wii U, têm uma tela e traz joysticks nas laterais. Assim, quando separado da sua base, o videogame se torna portátil, e o usuário pode jogar em qualquer lugar.

"É um console doméstico que também pode ser levado para qualquer lugar, e assim responde a várias situações. Em síntese, um console de várias caras. Entusiasmado para saber a compatibilidade com smartphones e o preço", disse no Twitter um dos maiores especialistas do setor, Hirokazu Hamamura, diretor da editora Kadokawa.

Com um conceito "híbrido", a Nintendo não compete diretamente com o PlayStation 4 da Sony, uma máquina doméstica muito potente e com múltiplas funções multimídia. Se situa entre o PS4 e os jogos para smartphones, o que pode parecer arriscado aos olhos dos acionistas que esperavam outra coisa.

"Todo mundo se anima atualmente com a realidade virtual que propõe principalmente a Sony e, pelo que vimos no vídeo de ontem, não há funções revolucionárias" no novo produto, comentou um analista do Iwai Cosmo Securities ao portal de informações do grupo Nikkei.

Apesar de qualificar o Switch como "formidável", a analista da Nomura Securities Junko Yamamura afirmou que o novo produto não vai redefinir a experiência de jogar videogame como fez o o console original do Wii, lançado uma década atrás.

"A Nintendo não surpreendeu e não rompeu com o que vinha fazendo, como fez com o anúncio do console Wii, na sua época. Mas pensamos que o Nintendo Switch resolve algumas das questões que surgiram com o Wii U, versão posterior que não encontrou o seu público", comentou Yamamura.

"Não houve informações sobre a estratégia dos jogos on-line", lamentou.

 

Entrada no mundo dos smartphones

A Nintendo, que há anos enfrenta a concorrência dos jogos para smartphones, está à procura de um produto de sucesso para compensar o fracasso de vendas do seu console Wii U.

Depois de anos ignorando o setor dos dispositivos móveis, a empresa anunciou em 2015 que estava formando uma parceria com o especialista móvel japonês DeNA para desenvolver jogos para smartphones baseados em seu elenco de personagens populares.

Em março, a Nintendo se inseriu nesse mercado, com o lançamento do seu primeiro game para dispositivos móveis, Miitomo, uma espécie de rede social lúdica.

Meses depois, a empresa provocou uma febre mundial com o Pokémon Go, o jogo de realidade aumentada que desenvolveu em parceria com a empresa americana Niantic.

O anúncio, em setembro passado, de que o popular jogo Super Mario, até então restrito aos videogames convencionais, será lançado em versão para o iPhone da Apple, confirmou a entrada da gigante japonesa no mundo dos dispositivos móveis.

A linha de jogos para o Switch será um elemento crucial e, segundo as empresas desenvolvedoras citadas, a biblioteca de programas a princípio parece atrativa.

A apresentação divulgada pela internet mostrou imagens de uma algumas das sagas mais famosas da Nintendo, como "The Legend of Zelda: Breath of Fire", "Super Mario", "Mario Kart" e "Splatoon".

As especificidades técnicas do Switch, que será comercializado a partir de março de 2017, não foram reveladas.

A decepção inicial talvez não seja definitiva, e esclarecimentos posteriores da Nintendo poderiam tranquilizar os analistas. Nas redes sociais, os jogadores se alegraram de poder ver enfim como é o objeto prometido e se mostraram impacientes para utilizá-lo.

Postagens Relacionadas