Descobrindo a tecnologia, desvendando a ciência

Estudo realizado pelo GitHub elege as 15 linguagens de programação mais usadas

12/10/2017 as 03:14 | Categoria: Programação

Estudo realizado pelo GitHub elege as 15 linguagens de programação mais usadas

Usando a plataforma do Facebook para programadores, o "Facebook for Developers", o GitHub realizou uma pesquisa das linguagens de programação mais populares.

A métrica para realizar a pesquisa é a quantidade de pedidos para alterar a codificação de um projeto. Não é uma métrica muito precisa, mas mostra algumas tendências interessantes.

15. Objective-C

Baseada na linguagem C, o Objective-C ainda é uma das linguagens mais populares para desenvolver aplicativos para iPhone.


14. Scala

O Scala foi criado como uma opção alternativa ao Java. Os seguidores da linguagem consideram o Scala uma forma mais eficiente de produzir softwares em grande escala.


13. Swift

A linguagem foi lançada pela Apple como uma alternativa mais simples de construir software. Algumas empresas utlizaram a linguagem para produção de aplicativos móveis, um grande é a Lyft, empresa que é muito forte na produção de aplicativos para transportes nos EUA.


12. Shell

O Shell é basicamente um script de otimização de tarefas. Um script Shell pode ser utilizado para realizar tarefas dinâmicas em seu sistema operacional, por exemplo, converter todo arquivo ".png" para ".jpg" quando for executado.


11. TypeScript

O TypeScript é uma linguagem projetada pela Microsoft, foi criada em 2012 e das linguagens mais famosas, é a mais jovem.

O TypeScript foi desenvolvido para ser uma alternativa ao JavaScript, a ideia é introduzi-lo em todos os tipos de tecnologia seja ela móvel, web ou desktop.


10. C

É uma das linguagens mais antigas em atividade. O C é uma linguagem muito poderosa apesar de complexa, é muito utilizada atualmente para fins didáticos. Sua sintaxe é muito semelhante as linguagens mais famosas da atualidade e o programador que a aprende consegue migrar para qualquer outra linguagem com facilidade.


9. Go

O Go é uma linguagem desenvolvida pela Google para alimentar sistemas em imensa escala como o seu motor de busca. Com o passar do tempo, a linguagem se tornou muito popular em alguns desenvolvedores dos Estados Unidos, mas aqui no Brasil a linguagem ainda é pouco utilizada.


8. C#

O C# - pronuncia-se "C-Sharp" - foi criado pela Microsoft para ser uma rival do Java. Apesar de não superar a rival, o C# é bastante utilizado atualmente e é uma linguagem bem prática e intuitiva.


7. CSS

Não é oficialmente uma linguagem de programação, mas é uma linguagem praticamente todos os sites da Web. O CSS é usado para a estilização das páginas e introduz a forma estética a todas as suas estruturas.


6. C++

O C++ é baseada em C, e é uma das linguagens mais poderosas já criadas. Apesar de ser antiga - foi criada em 1983 - ela pode ser encontrada em praticamente todos os tipos de sistemas, desde desktops a infraestrutura de servidores.

 

5. PHP

Linguagem de programação para websites, realiza as tarefas dinâmicas em conjunto com a estrutura estática do HTML. É a linguagem de programação mais popular em websites.


4. Ruby

O Ruby se tornou uma linguagem muito aclamada por ser fácil e intuitiva, a linguagem foi formada para deixar os códigos de websites cada vez mais enxutos. O seu complemento chamado de Rails, popularizou ainda mais a linguagem que se tornou incrivelmente poderosa com o passar dos anos.


3. Java

Java foi originalmente inventado pela Sun Microsystems em 1991 como uma linguagem de programação para sistemas de televisão interativos. Desde a compra da Sun, a Oracle transformou o Java em uma potência. A linguagem de programação é a maneira mais comum de criar aplicativos para Android.


2. Python

Foi criado em 1989 e é uma das linguagens mais fáceis de se aprender, altamente legível e limpa. O Python também possui uma imensidão de bibliotecas que fazem dela, uma das linguagens mais poderosas atualmente.


1. JavaScript

Apesar da semelhança de seus nomes e popularidade, o JavaScript realmente não tem muito a ver com o Java. O JavaScript está subjacente a uma grande parte da web moderna, mas também atrai muitos fluxos para diminuir os navegadores e às vezes expor os usuários a vulnerabilidades de segurança.

Como dito anteriormente, a métrica utilizada na pesquisa não é muito precisa, mas dá uma boa ideia do que seguir atualmente, para um programador iniciante, começar pelas linguagens mais populares pode ser um bom caminho já que a gama de conteúdos de aprendizado é maior para essas linguagens.

A pesquisa completa realizada pelo GitHub pode ser encontrada aqui

Postagens Relacionadas