Descobrindo a tecnologia, desvendando a ciência

A "estrela mais estranha da Via Láctea" está cada vez mais estranha

08/10/2017 as 03:52 | Categoria: Ciência

A

A estrela KIC 8462852 localizada na Via Láctea causou um reboliço na comunidade científica após uma série de eventos de escurecimento rápidos e inexplicáveis.

A estrela foi vista pela primeira vez em 2006 pelo telescópio Kepler e desde então se tornou a mais intrigante da nossa galáxia. Inicialmente, foi observada uma estrela mais escura do que deveria ser para sua idade, porém, cientistas chegaram a conclusão de que ela estava apenas "morrendo".

Após alguns estudos, foi detectado que houve um aumento de luminosidade na estrela em 2007 e 2014, e em processo de escurecimento nos outros anos. O fato da KIC 8462852 mergulhar em um aumento de brilho após engolir um planeta é o que deixa os cientistas mais intrigados, já que por se tratar de um elemento sólido como um planeta, a estrela deveria emitir uma baixa luminosidade, como num eclipse solar, mas o efeito foi o oposto.

Outro fato que intriga é a diminuição do seu tamanho. Esse ano a estrela entrou em uma redução de 1,5% de seu tamanho, além de outras variações negativas em outros anos, algo que também é incomum para estrelas no atual processo que a KIC 8462852 vive.

"Ainda não resolvemos o mistério", concluiu Simon. "Mas entender as mudanças de longo prazo da estrela é uma peça chave do quebra-cabeça".

Postagens Relacionadas